Como fazer o crochê passo a passo

Boa tarde! Trazemos a vocês este novo artigo que pensamos que será muito útil.

Como fazer o crochê passo a passo, uma opção mais do que válida para ocupar nosso tempo nestas semanas de quarentena. Faça nossos próprios projetos, em primeiro lugar projetos simples para tentar gradualmente pontos mais complicados. Um lenço, chapéu, luvas, meias, saias, camisetas ou maiôs. Mas crochê é muito mais do que tudo isso, é uma forma de acalmar os nervos, de tirar o estresse que a gente sente no momento. Se você acha que é difícil, você se enganou e para você verificar, vamos te ensinar, passo a passo, como começar nessa linda técnica de tricô.

Se nós nunca fizemos crochê ou crochê (termo em francês) e ele está animado para aprender do zero, não se preocupe, porque é muito fácil. Para aprender a fazer crochê você só precisa aprender o que são os pontos básicos, pontos que vão permitir que você faça projetos simples. Com esses pontos básicos que você aprenderá muito rapidamente, você poderá fazer trabalhos como uma camisa, um tapete ou uma bela almofada.

Como tudo, você não deve ter medo, pois a facilidade e a perfeição são alcançadas, como tudo, com base na prática. De agora em diante, começamos nosso curso de crochê passo a passo, onde você aprenderá as chaves para esta maneira de tecer. O primeiro passo será aprender a escolher a agulha ou o mesmo, o crochê que devemos usar.

Se você nunca ousou, este é o melhor momento, uma forma de relaxe para passar esses dias de quarentena enquanto estamos em casa. Uma forma divertida e produtiva para passar o nosso período, agora que você tem a casa toda limpa e arrumada. Com crochê as horas parecerão minutos E antes que você perceba, estaremos fora da quarentena. Se a única coisa que te relaxa é uma sessão de SPA, é porque ainda não experimentaste aprender a fazer crochê.

Como escolher a agulha ou agulha de crochê

Para escolha a agulha Levaremos em consideração o tipo de material que iremos utilizar. Lembre-se de que podemos usar tanto fio, lã ou tecido. Quando compramos um desses materiais, a etiqueta especifica o tamanho da agulha que devemos usar.

Foto: merceriabotton

Essas agulhas podem ser encontradas em materiais diferentes como são, metal, plástico ou madeira, a escolha dependerá apenas de você. Escolha aquela com a qual você se sentir mais confortável tricotando, principalmente para o início, é importante que a agulha pese pouco.

Comece um trabalho com o ponto de corrente

É o primeiro ponto você deve aprender pois é a base da maioria dos pontos e com a qual você terá que iniciar cada trabalho. O primeiro ponto sempre será um nó corrediço ou ponto corrediço, a partir deste ponto começaremos a criar nossa corrente.

Nó deslizante (início do trabalho)

Primeiro faremos um pequeno laço com o fio e o seguraremos com os dedos onde os dois fios se encontram e inseriremos a agulha por baixo do fio, engancharemos com o gancho e passaremos pelo laço. Assim, teremos alcançado nosso primeiro ponto ou ponto deslizante.

Para fazer o ponto corrente, uma vez feito o nó ou ponto corrediço, passamos novamente a agulha por baixo da linha, enganchando-a com a agulha e passando-a novamente pela alça, esta operação será realizada quantas vezes quisermos realizar correntes ou seja, até ter o comprimento desejado. Para que você conheça seu grafismo nos padrões, o ponto da cadeia é representado por um símbolo semelhante a uma elipse, como você pode ver no gráfico acima.

Ponto baixo passo a passo para crochê

Um ponto básico dentro da técnica de crochê está o único crochê. Um ponto com o qual você pode fazer tarefas simples, como uma almofada simples ou uma camiseta básica. Você também encontrará o ponto baixo em alguns esquemas, como meio ponto, um ponto caracterizado por ser compacto, espesso.

Para iniciar o ponto baixo ou meio ponto baixo, teremos que ter feito previamente o ponto corrente com o comprimento desejado ao qual vamos adicionar mais uma corrente. Por exemplo, se fizemos uma corrente de 100 pontos, que é o comprimento desejado, para iniciar o ponto baixo adicionaremos mais 1 corrente, 101 pontos no total. Esta string adicionada é chamada corrente de upload.

Para realizar o primeiro ponto baixo, vamos inserir a agulha pelo penúltimo ponto da corrente (a última é a corrente levantada) e recolher o fio por baixo. Depois de agarrado o fio, só sobra, passe-o pelas duas voltas como se vê no desenho 3. Com este passo teremos terminado o primeiro ponto baixo simples. Ele próximo ponto baixo, será feito da mesma forma no próximo ponto da corrente, assim por diante até o final da linha de correntes. O símbolo que representa o ponto baixo em um diagrama é um “X”.

Ponto crochê duplo ou ponto crochê duplo passo a passo para crochê

O ponto alto é um ponto que é muito usado em crochê. Ao contrário do ponto baixo, o ponto alto tem o dobro da altura e, portanto, não é uma ponta endurecida, mas muito mais solta. O ponto alto também é chamado crochê duplo.

Para realizar o ponto alto devemos fazer mais 3 correntes, ao contrário do ponto baixo que só tivemos que adicionar um ponto. Essas três correntes serão as que darão altura ao crochê duplo ou ao crochê duplo.

Uma vez que tenhamos feito três correntes além disso, pegamos um fio e passamos o crochê pelo quarto ponto da cadana, sempre contando a partir do último.

Para começar, pegamos um fio e fazemos um crochê para o 5º ponto contando com o que temos na agulha, pegamos outro fio e o passamos pela corrente (passo 2). Assim que esta etapa for concluída, teremos 3 loops em nossa agulha.

Pegamos outra mecha e a passamos pelas duas últimas voltas, as que estão mais longe da agulha da agulha de crochê. Após esta etapa teremos 2 laços na agulha. (Passo 4). Com esta última etapa temos terminou nosso primeiro ponto alto ou ponto duplo. Repetimos os mesmos passos até terminarmos a rodada.

Para começar a volta 2, temos que virar nosso trabalho. Fazemos 3 pontos de corrente, pegamos o fio e cortamos o crochê no segundo ponto da volta anterior (passo 9). Pegamos outro fio e passamos por este último ponto, com o que teremos deixado na agulha 3 laços. Pegamos outra vertente e a passamos pelos dois últimos loops, como fizemos na primeira rodada. (etapa 11).

Não tem que haver mais duas voltas na agulha de crochê, pegamos o fio novamente e passamos pelas duas últimas voltas que temos na agulha de crochê. Repetimos do passo 9 ao 12 para fazer todos os pontos de crochê duplo na redondo. Desta forma, podemos realizar nosso trabalho sempre subindo 3 pontos quando viramos o trabalho para iniciar uma nova rodada.

Duplo crochê duplo ou duplo ponto a passo para crochê

Leste crochê duplo ou crochê duplo, tem uma altura maior que o ponto duplo ou o ponto alto, ou seja, será mais aberto do que os pontos que vimos acima. É um ponto muito semelhante ao anterior e da mesma forma, muito simples de fazer.

Neste caso começamos nosso duplo ponto alto adicionando mais 4 pontos de corrente à corrente inicial. Neste caso, o primeiro ponto que iremos trabalhar será no 5º ponto da nossa corrente, 6º ponto se contarmos a corrente que está na agulha ou agulha.

Para começar e uma vez feitas as quatro correntes, pegamos duas vertentes com a agulha de crochê (passo 1). Clicamos no 6º ponto da corrente, pegamos novamente o fio e passamos pela corrente que perfuramos. Como resultado, em nosso crochê, haverá 4 loops. (Etapa 3)

Pegamos um fio e nós passamos pelos dois primeiros loops, agora teremos 3 loops no gancho. Pegamos o fio novamente e o passamos pelas próximas duas voltas (etapa 5). Agora que temos apenas duas voltas restantes na agulha de crochê, só temos que pegar um novo fio e passá-lo pelas duas voltas restantes para terminar nosso primeiro ponto alto duplo ou ponto alto duplo. (Etapas 6 e 7).

Para realizar o próximo ponto alto, pegamos uma fita dupla novamente e clicamos na próxima cadeia, então vamos repetir todas as etapas anteriores. (Etapas 2 a 6). Quando terminamos nossa vez, viramos o tecido e encadeamos 4 e fazemos os mesmos passos da rodada anterior. (Passos 1-6).

Você pode gostar:

É tudo por hoje! Diga-nos o que você pensou nos comentários.